A LojaPro.pt utilizamos cookies próprios e de terceiros para lhe oferecer uma melhor experiência e serviço. A utilização continuada do nosso site pressupõe a aceitação da utilização de cookies. Pode obter mais informação na nossa Política de Cookies.

Cama articulada manual ou cama articulada elétrica: qual comprar? | Lojapro.pt

Publicado por Filipe 23/03/2021 0 Comentários Material Hospitalar,

Cama articulada manual ou cama articulada elétrica: qual comprar?

 

Não importa se é para si ou para os seus. Se é para instalar num lar de terceira idade, num hospital ou em qualquer outra instituição que promova o conforto e bem-estar dos utilizadores. Se é para um idoso ou para uma pessoa acamada ou com perca de mobilidade temporária ou permanente. O que importa é que tomou a decisão de comprar uma cama articulada e pretende descobrir se deve optar por uma cama manual (mais barata, mas mais difícil de manobrar) ou por uma cama elétrica (mais cara, mas mais fácil de manobrar). E nós vamos responder a essa pergunta!

 

Efetivamente, existem dois grandes tipos de cama hospitalar: cama articulada manual e cama articula elétrica. Ambos proporcionam conforto e flexibilidade e são oferecidos em inúmeras formas e feitios e por isso têm, hoje em dia, muita procura. Porém, cada modelo tem as suas vantagens e desvantagens e por esse motivo ninguém lhe leva a mal alguma hesitação. É que não é fácil escolher a melhor opção quando há diferentes mecanismos de articulação manual ou elétrica, diferentes tipos de elevação, de estrados, colchões… Mas não desanime! Vai conseguir tomar uma decisão daqui a alguns minutos, se continuar a ler e seguir os nossos conselhos para encontrar a cama ideal para o seu caso.

 

Cama articulada manual

A cama articulada manual é composta por um estrado tripartido que se pode manobrar manualmente através de uma manivela, que normalmente está posicionada aos pés da cama. Neste tipo de cama hospitalar é possível elevar ou baixar a zona da cabeceira e a zona dos pés, o que é bastante útil para facilitar a alimentação de pessoas acamadas e melhorar a circulação sanguínea nas pernas, por exemplo.

 

Vantagens da cama articulada manual

  • É a opção mais económica a nível de camas articuladas.

  • É muito resistente e praticamente não precisa de manutenção.

 

Desvantagens da cama articulada manual

  • O utilizador fica dependente de cuidador ou de terceiros para poder articular a cama.

  • A articulação é feita manualmente e por isso este modelo não é tão prático e cómodo como o modelo elétrico, sobre o qual vamos falar já de seguida.

 

Cama articulada elétrica

cama articulada elétrica também é composta por um estrado tripartido, só que ao contrário da cama manual, pode ser articulada automaticamente através de um comando que impulsiona um motor elétrico a elevar ou baixar a zona do tronco e dos joelhos/pés.

 

Vantagens da cama articulada elétrica

  • O utilizador, mesmo que esteja deitado, consegue colocar a cama na posição que pretende através do comando, sem necessitar de recorrer ao cuidador.

  • Este modelo elétrico, possui mais articulações e posições que o modelo manual, incluindo elevação total do estrado e trendelenburg.

 

Desvantagens da cama articulada elétrica

  • É a opção mais dispendiosa a nível de camas articuladas.

  • Embora seja um modelo de cama bastante resistente, precisa de manutenção pontual.

 

Tipos de camas articuladas elétricas

Existem vários tipos de camas articuladas elétricas adequados a todos os géneros de utilizadores acamados ou com mobilidade reduzida temporária ou permanente, nomeadamente:

 

Cama articulada com elevação

A cama com elevação tem um sistema de elevação total do estrado, ou seja, levanta todo o estrado da cama na vertical para auxiliar o utilizador a levantar-se e deitar-se e para facilitar o trabalho ao cuidador (durante a higiene diária, alimentação, tratamentos…) ajustando-se à sua estatura. Este modelo pode incluir outras funções como sentar, trendelenburg ou trendelenburg reverso.

 

Cama articulada com elevação em tesoura

A cama com elevação em tesoura, produzida sobre o centro da cama, permite uma melhor distribuição de cargas na hora de baixar e levantar, facilitando a transferência do utilizador de ou para uma cadeira e simplificando também a assistência ao paciente.

 

Cama articulada com elevação em H

A cama com elevação em H é mais estável porque tem um sistema de elevação instalado na cabeceira e pés da cama, oferecendo também uma maior e melhor distribuição do peso do utilizador sobre a estrutura de elevação.

 

Cama articulada rotacional

A cama articulada rotacional permite mudar o utilizador para a posição de sentado na cama (com as costas apoiadas no colchão) através da rotação do próprio estrado e colchão.

 

Cama articulada para pacientes com Alzheimer

A cama para pacientes com Alzheimer, concebida para hospitais, lares e residências particulares, é o modelo de cama hospitalar com a menor altura do estrado ao chão, adaptando-se assim a pessoas que, além de acamadas ou com pouca independência motorizada, correm o risco de cair da cama.

 

Cama articulada pediátrica

A cama articulada pediátrica é uma cama elétrica comum só que adequada à estatura das crianças para melhor apoio anatómico. Também possui sistema de bloqueio de grades e suporte que mantém o comando fora do alcance, para maior segurança de pacientes com mobilidade reduzida permanente ou temporária.

 

Cama articulada para casal

A cama articulada para casal é uma cama maior, com dois estrados articulados independentes para diferentes posições, posicionados lado a lado para que os utilizadores possam permanecer juntos.

 

Como escolher a cama articulada ideal?

Muitos fatores podem ser levados em linha de conta na hora de escolher uma cama articulada para instalar em casa, num lar ou hospital, mas os principais são o estado de saúde do utilizador, necessidades do cuidador, tipo de utilização, características do espaço e orçamento disponível.

 

Estado de saúde do utilizador

O estado de saúde do utilizador é muito importante para determinar as características necessárias na cama:

 

  • Para utilizadores fisicamente incapacitados, que não conseguem manobrar a cama através do comando, é possível optar por camas articuladas manuais, já que estas pessoas (em todo o caso) necessitam de um cuidador para ajustar a altura dos diferentes componentes do estrado.

  • Para utilizadores de baixa estatura ou com grandes dificuldades de movimento, é preferível uma cama elétrica com elevação ou altura variável porque este modelo facilita o movimento de sentar e levantar e a transferência entre a cama e a cadeira.

  • Para utilizadores com problemas respiratórios, aconselha-se uma cama que facilite a respiração, com articulação do estrado na zona da cabeceira.

  • Para utilizadores em pós-operatórios da coluna vertebral, o melhor é uma cama que facilite o posicionamento, mas também as entradas e saídas da cama, como é o caso do modelo elétrico rotacional.

  • Para utilizadores acamados por períodos prolongados e/ou com problemas de circulação, deve-se instalar uma cama com articulação do estrado na zona dos pés, que também ajude a evitar sobrecargas de pressão.

  • Para utilizadores obesos convém escolher um modelo que suporte mais peso, também com uma largura superior à medida standard.

  • Para utilizadores que corram o risco de cair ou querer sair da cama sem supervisão (pacientes com Alzheimer, por exemplo) convém escolher uma cama com grades laterais.

 

Necessidades do cuidador

Na hora de escolher uma cama articulada também se deve considerar o bem-estar do cuidador, sendo que as camas articuladas com elevação vertical ou altura variável são sempre uma excelente opção para prevenir lesões na coluna, já que permitem um ajuste de acordo com estatura da pessoa em causa. Do outro lado da balança, na opção menos vantajosa para cuidadores, estão as camas articuladas manuais que obrigam a usar a força para mover os diferentes componentes do estrado. Pelo meio ficam todos os outros modelos de camas hospitalares elétricas que oferecem a grande vantagem do manuseamento fácil, rápido e simples, através de um comando.

 

Tipo de utilização

Para uma utilização doméstica, uma cama articulada manual pode ser suficiente, mas para uma utilização institucional, em lares ou hospitais, convém escolher uma cama com uma estrutura mais resistente e materiais antibacterianos.

 

Características do espaço

A dimensão do quarto é outro fator a levar em linha de conta na hora de escolher uma cama hospitalar porque o espaço disponível pode determinar a dimensão da cama. Felizmente existem no mercado camas articuladas com diferentes medidas!

 

Orçamento disponível

Muitas vezes é o orçamento disponível a ditar a escolha de uma cama articulada, já que os valores variam: as camas articuladas manuais são mais baratas que as elétricas e dentro do leque de camas articuladas elétricas, os preços também mudam. A questão aqui é perceber se a diferença de valores entre a cama que pode comprar e cama que gostava de comprar, é realmente significativa ou justifica o esforço financeiro (particularmente se se tratar de uma situação de perca de mobilidade permanente). E isso porque a diferença de valores entre camas articuladas manuais e elétricas já não é tão significativa como há uns anos atrás. Em todo o caso, o importante é adquirir uma cama hospitalar para melhorar a qualidade de vida do utilizador.

 

 

Permite-nos uma última dica para comprar a melhor cama hospitalar para o seu caso? - Onde? Onde comprar?

Seja qual for o modelo que pretende, a LOJAPRO.PT tem, aos melhores preços e com descontos especiais para grandes quantidades!

Deixe um comentário