A LojaPro.pt utilizamos cookies próprios e de terceiros para lhe oferecer uma melhor experiência e serviço. A utilização continuada do nosso site pressupõe a aceitação da utilização de cookies. Pode obter mais informação na nossa Política de Cookies.

Tudo sobre compressas! Quentes ou frias, para alívio de dores ou tratamento de feridas | lojapro.pt

Publicado por Filipe 27/04/2021 0 Comentários Material Hospitalar,

Compressas: quentes ou frias, para alívio de dores ou tratamento de feridas

 

É inevitável! Em casa, num lar de terceira idade, clínica ou unidade hospitalar, de quando em vez é preciso fazer curativos, tratar feridas e reduzir dores ligeiras, não é verdade? Daí a importância das compressas para aliviar dores crónicas, diminuir tensões e lesões musculares, reduzir o inchaço e devolver a liberdade a membros entorpecidos.

 

Quando sofre - ou algum dos seus pacientes ou utentes sofre – de um trauma, lesão ou ferida, não é preciso esperar muito para essa zona do corpo começar a inchar, a apresentar uma cor avermelhada, a doer e nalguns casos a sangrar. Como resolver? Com compressas! Há “receitas” tradicionais e caseiras que não necessitam da assinatura de um médico e que são fundamentais para reduzir dores ligeiras, mas se (e só se) souber para que são indicadas e como aplicar corretamente uma compressa quente ou fria. E é precisamente sobre isso que lhe vamos falar de seguida!

 

O que são compressas?

   Basicamente, são tiras de pano ou gaze que podem ser embebidas em água ou em medicamentos para depois serem utilizadas em curativos ou alívio de dores nalgumas zonas do corpo. Além de hipoalérgicas, são feitas com materiais macios e absorventes, ideais para aplicar e limpar sem magoar, para medicar pequenas feridas e eliminar ou pelo menos reduzir algumas dores, garantindo toda a higiene e segurança.

 

Tipos de compressa

   Existem dois grandes tipos de compressa: quente e fria. Cada um destes tipos tem especificidades e indicações próprias para aliviar diversos tipos de dores e inchaços, feridas, lesões e traumas, entre outros quadros físicos.

   Na verdade, compressas quentes e frias são excelentes analgésicos locais, mas é importante entender as suas diferenças para escolher o tratamento mais eficaz.

 

Conceito | O que são compressas quentes?

   São compressas que usam o calor para eliminar doenças leves, muito recomendadas por médicos e demais profissionais de saúde para aliviar dores e inflamações, entre outros problemas. Tudo porque a alta temperatura estimula a dilatação dos vasos sanguíneos que, por sua vez, relaxa os músculos, aumenta o fluxo sanguíneo das zonas doridas e acelera o processo de cicatrização. Ao aumentar o fluxo de sangue para a zona da dor ou ferimento, a compressa fria aumenta também o número de células que fazem a reparação do tecido, promovendo assim uma recuperação mais rápida.

Indicações | Quando se devem usar compressas quentes?

  • Quando é preciso relaxar os músculos, já que a temperatura elevada causa um efeito analgésico no corpo.

  • Quando se sente necessidade de aliviar dores crónicas e diminuir lesões musculares, sempre após 48 horas do trauma e até à redução completa do edema ou inchaço.

  • Quando se apresenta um hematoma que não foi tratado nas primeiras 48 horas.

  • Quando se sente tensão nos ombros.

  • Quando se apresenta problemas oculares moderados, como comichão, vermelhidão, pálpebras inchadas e olhos secos.

  • Quando se precisa de aliviar a congestão nasal, infeções de ouvido, cólicas menstruais, dores de cabeça, furúnculos e quistos.

  • Quando se pretende melhorar a mobilidade, libertando os movimentos numa determinada região do corpo.

 

Aplicação | Como usar compressas quentes?

   Podem-se usar duas a três vezes ao dia durante 10 minutos ou de acordo com as suas necessidades (ou as necessidades dos seus pacientes), mas tendo em atenção que a compressa nunca deve estar demasiado quente ao ponto de causar desconforto ou até queimaduras. No entanto, também se deve evitar a dissipação do calor, já que se a compressa arrefecer, o tratamento perde a sua eficácia.

   E por fim, lembre-se que o uso deste tipo de compressa não substitui uma consulta com um médico, particularmente se o tratamento não estiver a surtir o efeito desejado.

 

Conceito | O que são compressas frias?

   São compressas que devem ser aplicadas com gelo ou depois de ficaram por algum tempo no congelador, em situações de traumas agudos e contusões, como pancadas, lesões articulares e lesões musculares agudas (até 48 horas após o trauma). Funcionam como analgésico e anti-inflamatório, já que diminuem o inchaço e a inflamação e ajudam a parar o sangramento. Logo, as compressas frias têm o efeito contrário das quentes: enquanto que as últimas dilatam os vasos sanguíneos, as primeiras fazem o inverso, ou seja, constringem-nos e diminuem o fluxo de sangue nessa zona de forma que não acumule líquidos e reduza a inflamação e inchaço. Além do mais, o frio tem um certo efeito anestesiante e por isso entorpece e abranda as dores temporariamente e ajuda a limitar qualquer hematoma.

 

Indicações | Quando se devem usar compressas frias?

  • Quando se sofre um traumatismo, ou seja, quando uma pessoa leva uma pancada ou cai e provoca uma lesão, daquelas que costumam inchar (formar edema) e apresentar uma cor arroxeada (hematoma), sendo então necessário reduzir a dor e o inchaço (até 48 horas depois da pancada).

  • Quando se precisa de melhorar a movimentação de um membro, depois de uma pancada numa articulação.

  • Quando se apresentam lesões articulares ou músculos inchados ou inflamados, nomeadamente durante a prática de desporto, mas apenas nas primeiras 48 horas.

  • Quando se deseja aliviar momentaneamente as dores em caso de tendinite, mas também dores causadas por injeções, dores de dentes, osteoartrite, febre, hemorroidas, gota, alergias na vista, dores de cabeça, deformações, etc.

 

Aplicação | Como usar compressas frias?

   Simples! Assim como as quentes, as compressas frias devem ser aplicadas três vezes ao dia ou mais (com um intervalo de pelo menos 2 horas e durante cerca de 10 minutos) na região afetada, excluindo peito e costas, onde não é recomendado este tipo de tratamento. E atenção porque o frio também não é recomendado em caso de cãibras, feridas abertas ou bolhas e nunca diretamente na pele (daí a vantagem das compressas frias em vez de bolsas de gelo diretamente na pele que, em casos extremos, pode levar a queimaduras).

   Por último, lembre-se de consultar ou levar o utente em causa a consultar um médico, caso o problema seja muito intenso e não esteja a melhorar com a aplicação de uma compressa fria.

 

Aplicação | Como usar compressas mistas?

   Não obstante estes tratamentos terem efeitos opostos, é possível usar compressas de forma alternada, nomeadamente em casos de cirurgias ortopédicas, após a imobilização de membros com gesso ou mesmo em situações de infeções, distensões, inflamações e dores de cabeça causadas por tensão nervosa ou muscular. Como fazer? Primeiro deve-se colocar a compressa fria no local da lesão, aguardar uns minutos e depois aplicar a compressa quente para contrair e dilatar os vasos sanguíneos, aumentando a circulação no local afetado!

 

Porque deve comprar compressas TNT?

   Porque as compressas TNT (sigla para Tecido Não Tecido) são produzidas a partir de fibras que não são aglomeradas e fixadas e não passam pelos processos têxteis convencionais. Pelo contrário, o TNT tem como matéria prima o polipropileno (uma resina termoplástica produzida a partir do gás propileno) e as suas fibras são unidas através do calor, sem ser necessário tecer. Daí que este produto biodegradável tenha sido aprovado pelos órgãos internacionais que supervisionam a proteção do meio ambiente e, neste momento, seja muito utilizado no fabrico de produtos descartáveis hospitalares como compressas. O motivo é óbvio! São mais resistentes, mais maleáveis, mais macias, mas também mais fácies e rápidas de degradar que os plásticos comuns, contribuindo para a redução de resíduos e lixo urbano e para a preservação da natureza.

 

 

Agora que conhece os múltiplos benefícios e as diferentes utilizações de uma simples compressa, não deixe de fazer a sua encomenda escolhendo sempre o melhor produto dentro da oferta a nível de descartáveis hospitalares da LOJAPRO.pt.

Aconselhamos as compressas de TNT (Tecido Não Tecido), hipoalérgicas e muito macias e absorventes: ideais para limpar, proteger, medicar e tratar pequenas feridas, cortes, escoriações, dores e lesões… com toda a higiene e segurança! Muito utilizadas pelos nossos clientes no revestimento primário de feridas sujas ou exsudativas, quer em hospitais, quer em clínicas e lares de terceira idade.

Deixe um comentário